Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANÇA

Sinto saudade
do que não me foi dado
e das promessas que
eu plantava
fosse qualquer estação.
No pátio desta manhã,
quando esperar já não cabe,
ainda sou andorinha
e trago no bico o verão.
Ana Másala
Enviado por Ana Másala em 02/09/2007
Reeditado em 31/05/2009
Código do texto: T634759
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Másala
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
119 textos (10451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 10:12)
Ana Másala