Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quadras ao vento

Quadras ao vento

Perguntei ao vento,
Onde mora o meu amor,
O vento disse-me em segredo,
Que mora lá no equador.

Perguntei à gota da chuva,
Onde mergulhou a Sereia,
Falou-me nas ondas do Pica Pau,
E no brilho das dunas de areia.

Perguntei ao mar,
Como se fica quando se está a amar,
Virou a palma da minha mão,
E pediu-me para ouvir o coração.

Perguntei à noite,
De que é feita a saudade,
E do escuro do céu,
Veio a luz que me invade.

Perguntei na tempestade,
Qual a fórmula da vida,
Mostrou-me o olhar de alguém,
E conceitos de sabedoria.

Nenúfar 2/8/2007
Nenúfar
Enviado por Nenúfar em 02/09/2007
Código do texto: T635005

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nenúfar
Portugal, 53 anos
532 textos (29263 leituras)
193 áudios (16920 audições)
9 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:11)
Nenúfar