Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrato.

Havia um retrato. Meu retrato na carteira.
Ah! Eu olhei para ele milhares de vezes.
Sempre ilustrando e motivando meus passos.
Mais precioso que o dinheiro - era a eterna juventude.

Resistiu a chuvas, tempestades e o máximo sol.
Brilhou, emudeceu e renasceu.
Mas nada é para sempre.
Virou pó amarelado. Ouro velho no lugar da esperança.
Assim como as minhas boas lembranças.

Não se perdeu totalmente
Era um cofre de muitos detalhes.
Ainda há resíduos de luz que permanecem.
Pulsando no meu coração.

www.jaederwiler-poeta.blogspot.com
jaeder wiler
Enviado por jaeder wiler em 02/09/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T635602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jaeder wiler
Mantena - Minas Gerais - Brasil
370 textos (17678 leituras)
9 e-livros (8156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 09:58)
jaeder wiler