Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Madrugada

A ti que acaricia meu desejo
É para ti meu envolvente incenso
Vou enluarar e aspirar teu sereno
Juntos, madrugaremos o leito.

Venha como sinfonia inacabada
Tua melodia encontra-se aqui
Busque-a dedilhando meus pelos
Encontre-a bailando em mim.

Quero madrugar o teu corpo
E enlouquecer o silêncio noturno
Venha perder-te em meus seios
Venha! Meu doar é profundo.

Vou beijar tua boca silente
E jogar estrelas em teu céu
Quero-te ardente em meu leito
Quero que sorvas meu mel.

A ti que envolveste meu corpo
Com lascívia, com furor
Faça-me madrugada infinda
Faça-me o teu despudor.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 03/09/2007
Código do texto: T636073

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
507 textos (25827 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:11)
Dora Leal