Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ramalhete De Versos

somos tão efêmeros,
mas bebemos da nossa vida,
nossa pálida vida,
no viço da eternidade.

rodopiamos no azul do céu,
vergados, enfunados,
no rumor do vento sul,
na indiferença da finitude.

rolamos na esteira do tempo,
nas mãos, um ramalhete de versos,
sem saber que são eles,
nossa vida, eternizada,
na poesia de um livro aberto...
Maria
Enviado por Maria em 03/09/2007
Código do texto: T636237
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4731 textos (191848 leituras)
1 e-livros (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 15:53)
Maria

Site do Escritor