Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terra seca

Terra seca! Solidão do meu nordeste!
Pobre terra, talvez por Deus esquecida
na vastidão incompreendida do agreste;
recanto onde irrompe a peste e morre a vida!

Terra seca! Da água que não me deste
tenho sede... e na garganta ressequida
morre um grito, em desespero, ao Deus celeste,
pra que veja a nossa dor hoje sentida!

Então, quando pra baixo ele olhar um dia
verá quanta dor há na tua aspereza
e de ti terá piedade alguma vez...

Até Deus há de sofrer tua agonia
e dos céus hão de chorar tanta tristeza
que as lágrimas molharão tua aridez!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 26/10/2005
Código do texto: T63696
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:37)
Poeteiro