Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSIM NASCE UMA FLOR


Desabrocha na caatinga uma flor na solidão,
Orvalhada na matina inda vai abrir o botão,
Rastejante com pétalas da cor da abóbora,
Grande bola com luzes é sua ornamentação.

São verdes-bandeira as folhas abertas no tempo,
Transportando milhões de gases e nutrientes,
Das imensas raízes vasculares aos órgãos aéreos,
Captando luzes com trocas gasosas na atmosfera.

Respira profundamente alegre com a fotossíntese,
Desabrochando na caatinga uma flor na solidão,
No alvorecer acordará a flor com os raios solares,
Com pétalas abertas será alvo de reprodução.

É rastejante com corolas da cor da abóbora,
Fertilizada no óvulo, transformar-se-á num fruto,
Alimentando os pássaros e animais do sertão,
Que espalham as sementes com nova reprodução.


ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 04/09/2007
Reeditado em 04/10/2011
Código do texto: T638622
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4263 textos (2105853 leituras)
1 áudios (999 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:34)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor