Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUASE AMANHÃ

Falta meia hora para outro dia.
Eu o espero em abstemia...
Um novo tempo vai começar:
virá a minha alforria ?

Toda noite a mesma acalmia...
um intervalo no tempo-espaço,
uma infalível e total agnosia,
fermata no meio do compasso.

Suspensa do mundo, levito.
Gravito em torno do nada,
engulo o que não grito...
Sou alma penada.

Badalada pós badalada...
Desperto afinal da letargia.
O que aconteceu? Nada...
Apenas o ontem morreu.
linameirelles
Enviado por linameirelles em 04/09/2007
Código do texto: T638635

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Lina Meirelles http://linameirelles.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
linameirelles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
692 textos (13462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:19)
linameirelles