Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BAILARINA



A bailarina é pluma,
Quando dança, levita,
Quando levita, dança,
A bailarina não pousa.

Talvez gueixa
Ou brisa,
Talvez ave.

Onda absoluta
Em movimento
Omite a noite
No sobrevôo da aurora.

Meus olhos nutrem o desvelo
Que fecunda encantos
Da alma em sobressaltos.

Vai menina com tua dança!
Dê-me pés que mal tocam o chão,
Faça-se fluídica,
Dê-me todo lirismo do mundo
Para que a palavra
Escave a coisa não dita,
Deixe que eu deite a vida
Sobre essa ilusão espessa
E eu levitarei estático.
               

                                 03/07/07

Delmo Biuford
Enviado por Delmo Biuford em 04/09/2007
Reeditado em 30/04/2010
Código do texto: T638711
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Delmo Biuford
São Paulo - São Paulo - Brasil
115 textos (3219 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:20)
Delmo Biuford