Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SENHA

A SENHA
(Valdir Cremasco)

Vou confessar...
você já sabe mas tenho que falar
e você sabe também
que só você pode me ajudar.

Perdi por ai em algum lugar
melhor, larguei em algum lugar
meu coração que estava a chorar.
Arrependido, depois fui lá buscar.

Não o encontrei!
Não estava onde deixei!
Voltei para casa e chorei.
Sem meu coração, que serei?

De manhã à porta, alguém bateu.
Fui atender, pela hora, desconfiado
não era ninguém, apenas no chão
um pacote, abri, era meu coração.

Um bilhete o acompanhava...
E dizia: (pareceu-me que chorava!)

   “Tome-o de volta, eu o encontrei,
    quis te-lo, por isso, o levei,
    enxuguei suas lágrimas, o amei,
    acarinhei-o com caricias puras
    beijei-o com beijos de desejos..
    Mas ele estava em devaneio!

    Pareceu-me como que viajando
    em busca do tudo, em busca do nada,
    traze-lo para perto eu tentei
    quis te-lo, mas ele não me quis.

    Começou a pulsar com dificuldade.
     - Onde moras? Indaguei.
     - Em qualquer ponto de seu imaginário
       Onde exista um par de felicidade.
    Assim me respondeu.
    Fiquei sem entender...
    e ele pediu para voltar...
    Mas não sabia onde estava.

    Tome, ele é seu coração.
    Cuide bem dele, é sua vida.
    Atenda quando um amor lhe acena
    Mas jamais se esqueça que:
    Dele, só você tem a senha”.

Essa é a minha confissão...
Estou aqui, eu e meu coração
Nós dois querendo amar.

Meu coração já fez sua escolha...
A escolha dele também é a minha...
Você sabe quem ele escolheu...
Então sabe que eu a escolhi.
Valdir Cremasco
Enviado por Valdir Cremasco em 04/09/2007
Código do texto: T638791

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Cremasco
Campinas - São Paulo - Brasil, 65 anos
212 textos (34167 leituras)
9 áudios (752 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:24)
Valdir Cremasco