Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estava tudo Virado

Estava tudo virado!
O avesso deste lado,
o doido de estimação
cantando no meio da praça,
uma salmo de paz e graça,
beatas dançando baião.

Estava tudo virado!
O direito do outro lado
um cheiro de marzipã,
você com a alma ao meu lado,
alvorada anfitriã
num hoje tão amanhã.

Virado e revirado!
Um bagunçado arrumado,
brisas nas mãos de Iansã,
quarta-feira, feriado,
mil ditongos de vogais,
subtraindo alguns ais.

"Menos os Ais de Amar"
nas manchetes dos jornais.
"Campanha de perdoar"
diziam os classificados,
"Despoluição de amar"...

Estava tudo virado!
Ai!...E você do meu lado!
ouvindo o noticiado,
da liberdade de amar
de qualquer jeito e feitio
e estava em estado de sítio,
culpa e fome a sangrar.
E nas páginas do meio
os jornais em alardeio
diziam:"Hoje deve ser feito
o que faz de fato, efeito!

Mutirão de empolgamento,
seguindo os Dez Mandamentos"
E tudo tão revirado,
um jeito de amar espantado,
um querer correndo a mil
e era linda a manhã!
E, voltaram ao meu Brasil,
florestas de orubatãs.

Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 26/10/2005
Reeditado em 16/11/2005
Código do texto: T63991
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11466 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:56)
Elane Tomich

Site do Escritor