Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pronto!


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



A curvatura da terra,
A curvatura do acaso,
As curvas do corpo,
O corpo nota dez!...
Era nas coisas curvas que eu pensava...
Mais abstrato que os números,
Pareceu-me o futuro.
A casa de arcadas
Foi por minha causa,
Eu que gostava de arcadas.
Parei de gostar.
Faz mal não,
A casa parou de ser nossa.
Meu é o gosto também por mesas redondas,
Globo, mapa-mundi,
Ilhas fluviais,
Pedras no meio do rio,
Chuva de pedra,
Açucenas...

Planto outra vez girassóis,
Mas não consigo unir desafetos...
É mais fácil entender a vida
Do ponto de vista místico.
Aí, agradece-se a provação!
É sinal de consideração divina, pois
"Deus castiga aqueles que Ele ama."
Quem sou eu pra dizer
Que tudo é do jeito que não deveria ser?!...

Estende-se a terra em vales, abismos e montanhas...
Entre uma montanha e outra,
Estica-se um fio.
Sobre ele, tento equilibrar-me!
A travessia é penosa.
Cor-de-rosa faz bem para a aura.
Comprei um vestido vermelho e outro branco.
Em Cromoterapia,
Cada cor é boa pra determinada coisa!...

Bom, professor,
Bom professor,
Rubens Romanelli e suas palavras em Sânscrito,
Mas sobretudo em Latim...
Pequena homenagem a um grande Mestre
Que um acidente calou...

Quanto ao outro homem cujo nome
Soa parecido com carvão,
Passa a impressão de que leu demais
Mas misturou tudo em sua cabeça,
Não diz coisa com coisa.
Pobre homem engaiolado, ex-bajulado,
Ex-forte como um leão!...

Até posso, mas não devo
Confessar publicamente certas coisas.
No Juízo Final,
Todos vão saber de tudo sobre todos,
Verão que minha alma é simples.
Pronto!
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 05/09/2007
Código do texto: T640387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (35325 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:09)
Euna Britto de Oliveira