Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Elementos

É preciso aprender a ser, apenas,
pó da Terra, vibrar em harmonia...
Ter nos pensamentos,
o ar puro das campinas,
como um céu de nuvens claras
passeando num vagar,
sem rumo definido, livres...
Escutar o vento, que fala, canta, ri,
nos conta segredos com seu cheiro,
e saber sentir na pele o seu lamento,
quando vira convulsão e chora,
transbordando rios,
fluindo a vida...
Nas entranhas, há que ter o fogo,
que com paixão aquece,
atrai e enternece, mas que às vezes,
também explode e se enfurece,
desorientando o ser que em sua vaidade,
como uma luz fria, pensa enganar a noite,
apaga estrelas, esconde a Lua,
e ao amanhecer o dia,
se fecha numa sala escura
com seus mistérios e fantasias tolas,
perdido numa ilusão de poder,
que apenas desagrega,
a energia pura e vital do Universo...


Helena Morais
Enviado por Helena Morais em 06/09/2007
Reeditado em 19/07/2011
Código do texto: T641076

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Morais
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
85 textos (7497 leituras)
1 áudios (97 audições)
3 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 06:57)
Helena Morais