Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser

Ser teu amor
pode ser de poeta
abri tua alma
e o poeta sorrirá 

Os desejos de um poeta
esgueiram-se
por teu corpo
no desejo sensual 

Podemos amar
porque eu sou poeta
e o poeta
aperta teu corpo
para a perenidade 

Continuemos
nossos corpos colados
cobertos de desejos
o teu prazer chegará
às nuvens irrequietas.

pedrovaldoy
Enviado por pedrovaldoy em 06/09/2007
Reeditado em 31/01/2010
Código do texto: T641839
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedrovaldoy
Portugal
592 textos (4847 leituras)
4 e-livros (58 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:23)
pedrovaldoy