Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Janela

O incansável relógio, em seu tic-tac constante, ávido mais agora que antes. Busca incerto o fim dos tempos.
Eu nele me vejo, imerso, buscando o fim da espera do que talvez nunca há de chegar.
Sou breve e passageiro, dedicado à busca do eterno. Da felicidade que não finda.
E meus olhos trêmulos, molhados pela lágrima quente que solitária e teimosa insiste em não correr, contemplam da janela o inverno árido.
Galhos secos e chão poeirento, no portão que atravessa o velho muro, à luz do branco Sol, um casal de rolinhas se acaricia.
Quiçá te encontre hoje? E ainda hoje te ame.

Junior Gonçalves
Enviado por Junior Gonçalves em 07/09/2007
Reeditado em 11/01/2008
Código do texto: T642492

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Reginaldo Gonçalves Leão Junior - "juniorgonc@yahoo.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Gonçalves
Iguatama - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
46 textos (2925 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:40)
Junior Gonçalves