Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Continuando, apesar

Perto demais. E a proximidade
causa-me calafrios. Olhos que
buscam entre a poeira recente,
a folha que o vento carregou.
Seca, trincada e datada não
mais continha o motivo.
Apenas a memória residia
nas nervuras. Apenas as
penas daquilo que não foi.
Tátil o ar. E quente. Sua a
minha pele. Sorvo então,
uma a uma, as lágrimas
embaladas em solidão.
Longe demais. Cruel demais.
E finalizo gargalhando a vida.
Intacta. Pulsando sangue
em meu coração.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 27/10/2005
Código do texto: T64274

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25400 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:51)
Dora Leal