Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS LIVROS

HOMENAGEANDO TODOS OS ESCRITORES/LEITORES
NO "DIA DO LIVRO E DAS BIBLIOTECAS" em 26/10/2005
(Com um carinho especial para o meu amigo Ricardo de Benedictis)

OS LIVROS

Neles somos registados, nomeados e datados
          logo depois de nascer
e deles somos riscados nessa hora do morrer
 
E é um livro a nossa vida, bem difícil de escrever
          desde a chegada à partida
sorte triste ou divertida que não é fácil escolher
 
Seguindo a palavra escrita, redentora e bendita
          o padre reza o sermão
dá ao menino o baptismo e ao velho a extrema-unção
 
Procurando conformismo nas horas de aflição
          o Santo Livro pegamos
e lendo lendo rezamos pedindo consolação
 
Noutras horas de amargura, se temos um livro à mão
          vamos juntos à aventura
espairecendo nossa agrura e alegrando o coração
 
Com eles podemos ser, sábios, poetas, doutores
          homens de leis, professores
aquilo que se quiser... até livres pensadores
 
Com eles podemos ser detectives e burlões
          saltimbancos, visionários
soldados ou missionários partindo em grandes missões
 
Nos livros tudo alcançamos dependendo da viagem
          sofremos, rimos, choramos
neles achamos coragem e tudo o que mais buscamos
 
Podemos até achar bons conselhos e mezinhas
          para maleitas curar
e bruxedos para vizinhas que tiverem mau falar
 
E em manobras fascinantes, amarrações para amantes
          que perderam o calor
ou métodos mais tocantes para vencer no amor
 
E até os cegos, senhores, apenas com os seus dedos
          podem ver neles mil cores
descobrir os seus segredos e aprender novos valores
 
Livros... Nosso ensinamento! São a palavra do Cristo
          dos homens de pensamento
e do poeta que, ao tempo, foi mal aceite ou benquisto
 
Com os livros enriquecemos, somos felizes, crescemos
          e nada pedem em troca
na sua morada oca mora tudo o que queremos
 
Calados ficam dormindo e só espalham seu lampejo
          acordando, refulgindo
ao clarim de um desejo que busca saber infindo
 
Leais a todo o momento, da nova era ou antigos
          ao nosso lado no tempo
envelhecem sem lamento, companheiros e amigos!


Carmo Vasconcelos
Lisboa-Portugal

http://delnerobookstore.com/bibliotecas_virtuais/carmo_vasconcelos/
 

Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 27/10/2005
Código do texto: T64313
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmo Vasconcelos
Lisboa - Lisboa - Portugal
203 textos (15408 leituras)
62 áudios (7662 audições)
15 e-livros (1367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:19)
Carmo Vasconcelos