Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RENASCIMENTO

O amor que vem com as ondas,
desvairado, sem farol,
bate nas pedras e morre na areia...
Na insegurança de uma nau ao léu,
acredita varar as noites,
romper as tempestades...
Mas sossobra diante dos icebergs,
que lhe vêm ao encontro...
Tumultuado amor sem rumo,
percebe nas nevascas da vida
que o sonho terminou...
Descontrolado,
lança-se mar a dentro,
querendo forças na magia das águas...
Segue sem perguntar porquê,
nadando contra a maré,
esperando um ramo frágil,
que lhe sirva de apoio...
Percebe, então,
no momento final,
que sua força é interior,
que a barcaça é pequena,
não lhe dá sustentação,
nem mesmo condição
de navegar...
Nessa hora,
ergue a Deus uma prece
e agradece
por estar, ainda,
em plena posição de vida
e validamente singra o mar...
Este amor escorreu seu pranto,
é verdade...
Mas a tempestade acalmou,
um novo dia nasceu,
o coração que tanto amava,
abençoado por Deus,
olhou ao longe,
enxergou a esperança,
bebeu da alegria da chuva,
estendeu os braços aos céus
e em paz adormeceu...
Ao acordar,
viu-se livre de um sonho mau
e, nos braços de um novo amor,
escreveu feliz seu poema de paz!
 
(às 10:49 hs do dia 08/09/2007)
Mariza Monica Antunes de Carvalho
Enviado por Mariza Monica Antunes de Carvalho em 09/09/2007
Código do texto: T644765

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariza Monica Antunes de Carvalho
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 70 anos
288 textos (12636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:45)
Mariza Monica Antunes de Carvalho