Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Troveja Em Minha Alma

Não envergonho-me de mim.
Envergonhei-me de meus
sentimentos tão baixos, tão vis.
Nunca pensei em chegar a esse ponto.

Sempre disse o que penso
e o que sinto e por ter
compartilhado meu interior
é que me encontro assim hoje,
nesta situação insustentável
que avalancha meu ser
como se ele fosse uma
bola de neve a rolar
montanha abaixo.

Nunca vou entender o que se passou.
Entendo o que se passa comigo,
mas nunca vou entender
o por que de ter
de passar por tudo isso.

E com desespero,
vejo brotar dentro de mim
um sentimento de furor,
de ira, de vontade
de ferir como fui ferida,
como me sinto ferida.

E não sou uma pessoa vingativa,
mas não consigo mais
controlar o que sinto.

Os sentimentos se transformaram
num furacão que troveja
em minha alma sem trégua...
e já não sei lidar com eles...
acho que preciso fugir...

- Meu Deus, o que vou fazer de mim????
Maria
Enviado por Maria em 09/09/2007
Código do texto: T645074
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4727 textos (191696 leituras)
1 e-livros (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:39)
Maria

Site do Escritor