Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo



         Desabafo

Estou  sozinho aqui, no meu pc...
sinto um vento frio e sêco que entra pela janela
como se quisesse me dizer alguma coisa,
ou talvez me ajudar nas rimas e escritos
que estou construindo.
Já é noite;  escura como a asa da grauna.
Nos meus pensamentos começam a desabrocharem
aqueles sentidos, aquela atmosfera que me apertam
por dentro como para  poder soltar, os versos os poemas
que as vezes ficam estagnados gritando para nacerem.
Veio-me a tua lembrança então e logo senti a tua paz  infinda.
Relaxei , porque sei que estou escrevendo para ti.
Que me entende, que da valor ao que faço
que me chama de poeta, que diz "que lindoooo"..."adorei"
"só vivo dizendo isso", "beijus no coração", "adoooooro vc".etc.
Minha amiga , muito te agradeço pela inspiração,
que tu es para mim.
Fazendo-me  acreditar que  poeta sou,
Que sou um Prometeu da razão, um Alexandre talvez.

Por isso te digo boa noite... good night,
como se diz para uma rainha.

bjuss
BARRET
Enviado por BARRET em 09/09/2007
Código do texto: T645642
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
779 textos (71599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:32)
BARRET