Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muito Prazer! Mas Que é o Prazer?

                                             


                                 Muito Prazer! Mas Que é o PRAZER?


              Você é uma pessoa maravilhosa, muito prazer.
              Agora já sou Americo Paz, meu antigo pseudônimo,
              sem acento, que é para flutuar leve como o vento.
              Não posso trazer nenhuma muleta, na mala nenhum
              amigo. Por que na verdade não sou Americo Paz, sou
              um vazio no meio do nada, que quando se enche muito,
              transborda.
              Onde estou, por que estou, como estou? Também não
              sei , me procuro, apenas me procuro, mas não me
              encontro....
              Agora já sou o próprio nada no meio de um vazio.
              Outro dia encontrei Cecília: Conversamos bastante.
              Na metade do mar, amor. Na outra fui ser seu amante.
              E aos que pensam em me procurar, um apelo:
              Ao me encontrar, devolvam-me.
              Sou algo assim, esquisito, até eu mesmo temo ao  me
              aproximar.
Américo Paz
Enviado por Américo Paz em 09/09/2007
Código do texto: T645653

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Américo Paz
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 55 anos
369 textos (137979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 13:02)
Américo Paz