Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONDAS

[ Ondas ]

Quero mergulhar
nas ondas de ternura
dos teus olhos.
Senti-las propagar
como espasmos,
ao longo do horizonte
em que convergimos.
Por isso, morrer
nunca me doeu.
O que me dói
é quando me afogo
no oceano triste e frio
da tua ausência.

Só que, agora,
o meu coração
já não quer que eu morra
(p’ro que lhe havia de dar!)
e faz-me voltar à superfície
para te respirar.
Quando eu for esperto
baralho isto tudo
e muito, muito suavemente,
hei de afogar-me, sim!,
em ti
....devagar,
... ... ... de mansinho.


_______________________LuMe
Luis Melo [ www.lumelo.com ]
Luis Melo
Enviado por Luis Melo em 28/10/2005
Código do texto: T64602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Melo
Portugal, 59 anos
64 textos (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:00)
Luis Melo