Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

D TANTO DESEJO

O dia ruge flechado por uma sensibilidade atroz É q a doçura do sangue alegra a dor
e beleza descarnada rompe transparente mas grávida d novas cores
o recanto dos Dragões e dos Vampiros
levada pelo Cortejo Fúnebre da Macheza
na terra em q cangaço é Romantismo
Mórbida Fé

a terra atua na precisão do vôo límpido do homem liberto ora caido sobre ramos d insensatez
a terra atoa turva a ira dos mares mexidos d raios murchos
requiem d centauros ninfomaníacos chupando sorvetes fálicos nas esquinas viciadas
centauros castrados gordos d passividade encharcada lambendo a inércia do anjo-coxo
encarnado na última geladeira elétrica preservada para orgias de impotentes e d lébicos

anjo-nu desesperado d sexualidade presa
funde as asas ao vácuo d tanto desejo
arpejo pexendo o oceano
marmanjo celeste solitário fio
da humanidade e do cosmo
passa o ano sem-terra bravio
potro d fogo miragem d Genese
homem-flor fervendo d paixão
entre pedras
genitália noturna dos decaidos

Queijo d esperma guardado por leoas d peroba-viva no eixo das estações
disputado na fome rachada das nações em crise estratégica
vejo as legiões do futuro acampadas na planície-dorsal d Saturno
alinhado sobre Brasília
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 10/09/2007
Reeditado em 30/06/2012
Código do texto: T646302

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1309 textos (32778 leituras)
8 áudios (1075 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:32)
Eriko y Alvym