Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Não é fácil

Não é fácil se perder no tempo
Açoitado pelo vento
Caminhando ao relento
Com uma dor dentro do peito

Não é fácil não conseguir sonhar
Viver no presente sem pensar no futuro
Parece estar sempre em cima do muro
E da vida não ter orgulho

Não é fácil olhar para frente
Sem motivo para se ver contente
Pensar assim de repente
O que fazer neste momento presente

Não é fácil
Pra quem vive este momento
Só amando novamente
Não é?


Não é fácil
(Claudete Silveira)

Não é fácil sentir-se sozinho
Não ver outro caminho
Ou não tentar enxergar
E da vida se afastar

Não é fácil ver a vida passando
E a gente se acostumando
Por ela não lutando
Sem saber no que vai dar

Não é fácil estar assim carente
Isso faz parte da gente
O coração num choro corrente
Quer voltar a se apaixonar

Não é fácil
Mas não impossível
Num corpo tão sensível
Só novo amor pra nos curar.


Jorge Luiz Vargas e poetisa Claudete Silveira
Enviado por Jorge Luiz Vargas em 12/09/2007
Reeditado em 19/12/2012
Código do texto: T649080
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria Jorge Luiz Vargas e o site www.amorempoesia.com.br). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Luiz Vargas
Brasília - Distrito Federal - Brasil
450 textos (198014 leituras)
7 áudios (5451 audições)
2 e-livros (474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:20)
Jorge Luiz Vargas