Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DO NADA

Ficar só não me assombra e tem lá seus encantos,
quando vejo em redor e percebo esta sombra
que repete meus gestos, copia o silêncio,
tem mistérios vitais e segredos honestos...
Faz-me bem ficar só, recomponho-me assim,
desatando meu ser, desfazendo este nó
em que minhas verdades estão sufocadas;
meus caminhos vetados, a vida impõe grades...
Fiquei sem a presença que dava sentido
à franqueza do riso, à leveza dos olhos,
à serena expressão que fluía dos traços...
Mas achei nos abrolhos das muitas lembranças
a coragem de passos guardados em mim,
pra sair deste fim, renascer deste nada...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 13/09/2007
Código do texto: T650807
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3110 textos (62593 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:57)
Demétrio Sena