Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O COLIBRI

O vulto repentino em primeiro plano, pairando sob a observação assustada do olhar,

As penas como arco iris esvoaçantes, certeza que o meu mundo é tao pequeno...

A janela na qual insistia meus pensamentos... você me ofertou um colibri,
 
E as noites absurdas e suadas... Sonhei e veio uma ave,  por traz o horizonte da beleza.

Você esteve nos momentos dentro do meu ser, mas esta visão definidade das cores me preencheu por dentro.

Esta ave singela de aparencia ninúscula tomou-me os instantes completamente, nao esqueceu de mim diante das minhas tristezas.

O silencio me fez chorar, as absurdas tentativas para encontrar um amor, estava ao alcance do seu meu melhor beijo.

Este dia nao tem hora nem fim, este momento é oque me fez crescer como um gigante.

Sua silhueta exposta no semblante da esperança completou esta linda cena que me fez sorri.
Gueko
Enviado por Gueko em 14/09/2007
Código do texto: T651875

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gueko
São Mateus - Espírito Santo - Brasil, 51 anos
814 textos (34020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:54)
Gueko