Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aluga-se Um Poeta


     Aluga-se Um Poeta

Quero lhe falar,
Que  a solidão voltou a morar comigo.
Por mais que eu procure não encontro
Alguem igual a você, não consigo

Tenho guardadas na minha mochila
As lembranças das noites em vão.
E o poeta agora só tem,
Uma estrela no côncavo da mão...

O brilho das poesias se apagou.
Sinto o acredoce de um perfume
Como o lume do estro que passa
Não querendo que a fumaça se esfume...

Apenas pelo dito de ser liberto
Não tenho no destino, coisa certa
E  como do amor perdido é dificil a monta
Simplifico e digo...  aluga-se um poeta...
BARRET
Enviado por BARRET em 14/09/2007
Código do texto: T652422
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
773 textos (71151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 20:52)
BARRET