Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Natureza.

 

Atrevida?

E se eu não fosse?

Rememoro os cacos, me reconstruo.

Faço loucuras, me abasteço.

Penso graça no sexo oposto,

Faço sexo por gosto.

Beijo a boca do inesperado,

Bebo malícias, gozo desesperos,

Trepo no salto, pulso vida,

Quebro a rotina, coleciono desejos.

Abro os braços, fecho os olhos,

Faço poesia de muco e sêmen,

Penetro palavras, sou (com) penetrada.

Transo letras-pele-mordidas,

Cavo emoções e uma razão:

... escureço e clareio...

Dou e recebo segredos,

Enrosco posições e movimentos,

Balbucio carícias na língua,

Lambo a ferida, arranho o peito,

Mastigo, engulo, chupo, cuspo.

A vida tem dessas coisas,

E eu vivo dos momentos!

Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 14/03/2005
Código do texto: T6526
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:55)
Eliane Alcântara