Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia da Poesia

Dia de Poesia

Que será que passa pela mente e coração do poeta?
Em seu  mundo interior perambula serenamente
Entre tempestades de idéias e emoções
Brinca com o sonho e aprende a tecer considerações sobre toda desilusão...
Talvez o que de mais belo ele faça, o que de melhor ofereça,
Seja a inocência, aquele aroma da infância,
Que vai impregnando seu modo de se expressar
O poeta é portador de esperança
E assim propaga pelo universo toda a energia
Que contém seu verso,
De modo despretensioso e sem pudor
O poeta deixa por onde passa
Pegadas repletas de amor
Seu legado para a humanidade
É o anseio, a lealdade.
A paixão que experimentou
É toda a alegre seriedade
Com que ele sempre amou.
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 14/03/2005
Código do texto: T6548
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214527 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 14:12)
Priscila de Loureiro Coelho