Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                    Tempestade


Engraçado...


Quando vem um temporal se formando no horizonte,

Os animais se agitam.

A criança se agarra na saia da mãe.

Olhos brancos se dilatam

Mãos tremem e coração coiceia o peito


Os lábios que há pouco sorriam, se comprimem

Joelhos temerosos se dobram e tocam a terra fria

Dentes se acutilam surdamente


O vento urra na ponta dos uricurizeiros,

Feito cão aluado

A precipitação atmosférica tem início

A chuva vem transformando pó em barro


O tropel ensurdecedor das gotas de água

Entra intrépido — noite adentro


Emudecendo os bichos e insetos notívagos,

E o coração dos homens que conhecem a fúria da natureza
 






José Mattos
Enviado por José Mattos em 30/10/2005
Reeditado em 30/10/2005
Código do texto: T65513

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.josemattos.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 52 anos
54 textos (2839 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:22)
José Mattos