Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAR DA GENTE

Alguém espera pelas águas que virão...
Entre as palavras de um poema amarelado
De um navegante que singrou além de si
Sem perceber que já havia naufragado...

Mesmo à deriva ele busca nas palavras
Um cais seguro, um pontilhão pra ancorar
Mas desconhece os motivos dessas águas
Que muitas vezes nos conduzem a navegar...

A poesia, vez por outra, é o mar da gente...
E nessas águas quem insiste atravessar
Pode encontrar o que leva a me perder...

Entre o silêncio e a solidão de um lugar
Onde me calo e me entrego sem querer,
Resignado, esperando, simplesmente...
Ezequiel da Rosa
Enviado por Ezequiel da Rosa em 30/10/2005
Código do texto: T65515
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ezequiel da Rosa
Cachoeira do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
11 textos (479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:01)
Ezequiel da Rosa