Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rastos de luz...

Rastos de luz, últimos suspiros,
Lanças no fundo do meu horizonte
Segurei a espada firme em minhas mãos tremulas
Sangrei, pingavam de minhas mãos
Sonhos estraçalhados
Lutei.HÁ como sei o quanto lutei
Busquei tantas formas de lutar
Dei o outro lado da face
Olhei nos olhos do inimigo
Sem vergonha de minhas lágrimas
E nada o intimidou,
Segurei o fio da espada
Na palma que pingava
Uma derrota titulada ao homem
Que perguntou sobre amor!
Agora não peça que eu me levante
Não friccione o ferimento
Pois não foi esse o que me derrubou
Apenas escute o que ainda posso dizer
Não sobe dizer QUERO TE AMAR!
Mas escute minha doce menina
Não chore agora quando
O que preciso é do seu sorriso
Respire por mim
Sinta o seu coração bater mais forte
Isto é a única coisa que ainda podes fazer!
Fui teimoso
Olhei nos olhos das pessoas
Dei atenção a rostos carentes e sofridos
Uma vida inteira
Mas  a  trocaria por um minuto
Um minuto no qual encontrei
O medo nos olhos de uma criança
Airton
Enviado por Airton em 14/03/2005
Código do texto: T6558
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Airton
Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
106 textos (5074 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 05:33)
Airton