Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUNDO ESTAÇãO DA DOR

Mundo estação dos humanos
Tanta gente saindo
Tanta gente chegando
Tanta gente rindo
Tanta gente chorando
tanta gente vazia
Tanta gente sonhando
Onde os mistérios
Não se explicam
E a fé agoniza
Nos atos insanos
Onde a esperança vive
Nos ventres inchados
Gente brotando
Mundo estação azul
Corte de vidro
Mãos latejando
Estação da dor
E dos desenganos
De desencontros e dúvidas
Onde me perco
Onde me dano
Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 17/09/2007
Reeditado em 12/10/2016
Código do texto: T656888
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1275 textos (69616 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:16)
Celio Govedice