Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acre Doce Coração.





             Faz tempo que você não aparece para
             comer carinho.
             Em mim suas pétalas, está vendo?
             Espinhos, caules e raíz.
             Para germinar a flor é necessário
             adubo, então plante-se em mim.
             Serei todo o seu silêncio, toda a sua
             dor.
             Sussurros, gemidos;
             serei todo o seu prazer.
             Muito prazer, serei sua alegria.
             E no quintal da poesia,
             pétala por pétala,
             serei você orvalhando gotas de amor.
             Faz tempo que você não aparece
             para comer carinho.
             Hoje se der, apareça: Fiz aquele bolinho.
             O café às vezes sai sem açúcar mas a
             vida acre doce vai temperando na medida.
       
Américo Paz
Enviado por Américo Paz em 18/09/2007
Código do texto: T657679

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Américo Paz
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 55 anos
369 textos (141872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:04)
Américo Paz