Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dilatação

Dilatação

Quero estender esta noite
Que noite!
O dulçor suave daquela, o desejo daquele
Quero tanto polarizar esta noite!
Porque amanhã sou padrão de novo
Amanhã meu canto se abafa, minha estrela falha
E depois de algum tempo, vou me acostumar
Aceitarei o normal, o conforto do controle
As delícias do comum, a luxúria da rotina
Mas no auge da dança numérica
O sopro de Dionísio me arrebatará novamente
O universo será mais uma vez compreendido
A loucura zombará da razão!
E a noite, a tarde ou a manhã; serão quentes como hoje
Me distraindo neste caminho torto
Onde felicidade é dilatar!
Alexandre Matos
Enviado por Alexandre Matos em 18/09/2007
Código do texto: T658143
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Matos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
44 textos (1758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 09:04)