Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOIS MUNDOS

Vivo fugindo de mim
Quase sempre pelos fundos
Quebrei todos os espelhos
Não me encaro mais no mundo

Minha face está partida
Meu peito
Há muito rachado
Meu choro
Hoje prendido
Quer logo ser liberado

Sofrido é
Pra quem sempre vive
Na tênue linha que separa
Uma mente que delira
De outra
Lúcida
Clara
ivan costa
Enviado por ivan costa em 18/09/2007
Código do texto: T658279

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ivan costa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 53 anos
93 textos (7269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:27)