Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPLENTE

SUPLENTE

Mário Osny Rosa

Suplente não é um tenente
Que da Academia saiu.
Da vida da caserna temente
Lá ele nunca presidiu.

Suplente de senador
Quando chega ao senado.
Seu voto saneador
Logo pensa ter semeado.

A primeira semente lançada
Nos corredores da casa.
Sempre será bem lembrada
Logo vai salvando a casa.

Sem ser obrigado defender
Caiu logo de pára-quedas.
Sem nunca o voto receber
Sem passar por sete quedas.

São José/SC, 18 de setembro de 2.007.
morja@intergate.com.br
  www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 18/09/2007
Código do texto: T658420
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (38124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:24)
Asor