Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos Quatorze Anos

Não fui sempre assim
Eu era criança, bendita criança
Rezava,frequentava igreja
Já pecava, tinha esperança.

Confiava em um Deus
Seguia algumas ideologias
Tais me trouxeram revolta
As via como fantasias.

Me falou mais forte um dia
O que tanto prezo, a inteligência
A cultura, a poesia
Falou mais alto a enlouqüência.

Fui escolhido, entre muitos
Talvez, pego por engano
Sou - finalmente - possuído
Desde os quatorze anos.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 14/03/2005
Código do texto: T6592

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 22:31)
Júnior Leal