Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTO PREDADOR

Vou armando ciladas e nelas caindo,
cada tiro que dou na verdade me acerta,
fecho portas abertas à felicidade
que repete assim mesmo essa chance batida...
Tento crer nos amores puxados a laço
e desprezo esses tantos que chegam por si,
faço tudo por nadas que depois percebo,
renovando a façanha sem me recompor...
Predador de aventuras, abato a mim mesmo,
sonhador inconteste sou inconsequente
no calor abusivo de minhas procuras...
Avançando sinais numa estrada infinita,
sofro tombos constantes e chego de pé,
vou atrás do que dita meu sexto sentido...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 19/09/2007
Código do texto: T659300
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3104 textos (62547 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:27)
Demétrio Sena