Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ É A RESIDENTE MAIS ANTIGA DO MEU CORAÇÃO!

 
Se não fossem os sonhos efêmeros e persistentes, você não continuaria sendo a residente mais remota do meu coração!

Talvez por isso não consiga perceber o quanto tem sido mudados os espaços, os carinhos, a entrega e, também, a minha espera!

É comum no convívio repetitivo dos fatos não percebermos que mudamos e que as outras pessoas, consequentemente, mudaram!

Passa a ser crível apenas os espaços alheios aos nossos!... Muitas vezes, crateras indecorosas de irrealizações, mas elas se apresentam como coisas novas e, sendo assim, nos atraem como caricatura de novas venturas para ocupar, não tardiamente, o cenário dantes vivido!

©Balsa Melo
01.09.2005
ARES DO PARÁ/TO/DF
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 19/09/2007
Código do texto: T659478
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 15:58)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)