Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

If you knew how I missed you
You would not stay away today
Don't you know how I love you
Stay here my dear with me

I can't go on without you
Your love is all I'm living for
I love all things about you
Your heart, your soul, my love

I need you here beside me
Forever and a day a day
I know whatever betides me
I love you, I love you, I do.

 (If  u knew, Nina Simone)

 


SE VOCÊ SOUBESSE COMO EU QUERIA...

 

Eu queria, de verdade,

escrever algo do tipo

“sem você não dá,

perco a vontade,

vai doer, vai sangrar,

vou morrer, vou me esvair

em prantos, sangue,

sem você não posso,

não sei onde ir,

perco o rumo, descompasso,

não janto, nem almoço,

sou um nada, um bagaço...!

De verdade querido,

eu queria...

Mas  a verdade,

crua e fria,

é que eu vivo,

eu canto e danço,

choro só de alegria,

almoço e janto,

tomo um café da manhã,

me empanturro e me espalho.

Não rolo na cama sem sono,

não caio na cama:desmaio.

Se eu sonho contigo?

Mas, claro...

Só que da cama não caio,

não me descabelo,

não morro aos poucos,

nem  me mato,

não vou me esvair pelo ralo,

Eu sonho, amo e vivo.

Inteira, acesa, incandescente,

de um sentimento indecente.

Indecente de tão verdadeiro

que escandaliza o primeiro

que me olhar bem de frente.

Eu queria, querido,

eu queria.

Mas não posso.

Essa que sou não deixaria.

 

 

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 19/09/2007
Reeditado em 19/09/2007
Código do texto: T659545

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (157136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 15:52)
Débora Denadai

Site do Escritor