Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DÉJÀ-VU

Eufórico, beijei-lhe a fronte. 
Vivir o déjà-vu mais dileto.
Um fragmento. Um "querer" algo mais...
Na casamata remota do nada, me foram enganos as ilusões. 
O déjà-vu que atrai e apraz,
é desejo que trai e faz sofrer.
Quem já não teve um?
Só quem nunca foi distraído?

MANOELSERRAO - SLZ/MA - TRINIDAD - 20.09.2007.

serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 20/09/2007
Reeditado em 20/12/2008
Código do texto: T660167

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (158750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 18:45)
serraomanoel