Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bela fumaça!



Bela fumaça, sai daqui para o ar.
Vai devagar, não precisa de apanhar o trem.
Sai, sem necessitar de autorização.
Não invade, expande-se em formosura,
num gracejo ingénuo, numa dança sensual.
Só uma fumaça, sem interpretação real.
Insinua o tempo não o metrifica.
Sem identidade, conveniente e pessoal.
Solitária, amiga fiel,
afinal não preciso de escrever um livro para dizer-vos que vivo,
envio-vos um fumo em forma de sinal.
Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 20/09/2007
Código do texto: T661008
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:52)
Constantino Mendes Alves