Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

do poeta, a raíz e o tempero / 3





apago as estrelas, convido a escuridão...

sem sombra de gestos, sem luzes habitadas,
tateio sentidos nas palavras que remedeiam o silêncio...

não sei onde estás, não sei que muralhas te escudam,
sei que mordo a lembrança na imobilidade da ideia...



21 de setembro de 2007
                       09.28h
João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 21/09/2007
Reeditado em 21/09/2007
Código do texto: T661601

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Videira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
234 textos (16928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 17:16)
João Videira Santos