Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Você quase a todo momento a me inspirar.,
Marcas da fatalidade. Marcas do tempo.
Nos sorrisos e nas lagrimas.
Na louca essência de ser e de querer.

Nos mistérios que cercas todos acontecimentos
O espirito e a alma sempre a chamar.
Tudo é eterno ou simplesmente um ludibriar.
Nos poemas e em cada verso a chama que conduz.

Destino nos traçou os caminhos sempre a seguir
Ou a nós foi concedido o direito a não nos revelar
Da paixão que meu coração não pode gritar.
Das insônias e do desespero de não lhe encontrar.

Mas estou e estarei sempre e sempre
A teu nome gritar;
É um grito de silêncio. Um grito sem parar.
O grito do coração que a ti quer buscar.



ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 21/09/2007
Reeditado em 26/06/2012
Código do texto: T661651
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 19:16)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA