Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM RISCO DE CARVÃO

José António Gonçalves

há um risco de carvão na paisagem
multiplicado num prolongamento triangular
quase fazendo a vez duma esquadrilha de bombardeiros
em disciplinada formação bélica
para cumprir com o seu destino
voando por sobre os pinheiros inocentes

ninguém sabe a que apelo longínquo respondem
nem a razão porque se repete sempre a viagem
na mudança tumultuosa das estações
mas nos céus há riscos revoadas de pontos negros
abrindo brechas nos ocasos distantes
no deslumbre das suas desconhecidas missões

na mansidão do olhar dos pássaros
que ficam prisioneiros das mesmas geografias
há um risco em progressão no firmamento
e por um inexplicável momento sonham
como poderiam um dia renascerem como gansos
ou noutra manhãzinha
integrarem um bando na sua emigração
no suspiro breve das estrelas
onde se repetem as noites
e as tardes
não


José António Gonçalves
(inédito.04.09.99)
JAG
Enviado por JAG em 01/11/2005
Código do texto: T66272
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAG
Portugal, 62 anos
117 textos (41779 leituras)
4 áudios (187 audições)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:38)
JAG