Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ... SOFRO POR VOCÊ!


Sei que o choro salga o rosto e o seu beijo fica contaminado, diferente do permanente doce que lhe ofereço em forma de sorrisos!

Sei que as minhas mãos estão feridas de tanto colher as rosas suportando os espinhos e, apenas, lhe ofertar venturas!

Sei que não devo persistir neste rimado espaço, mas a inconsistência do meu saber não me impulsiona para outros rumos!

Sei tudo que deveria fazer, inclusive lhe esquecer, mas a trajetória dos meus olhos não consegue mirar outros olhos e meu coração não é forte o suficiente para apagar sua saudade!

Sei e findo como o inculto ser que ama, demasiadamente, sofrendo por amor!

©Balsa Melo
22.09.05
Cabedelo - PB
 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 22/09/2007
Código do texto: T663208
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 10:55)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)