Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inação

Se eu fosse Deus
Ah! se eu fosse Deus
Eu não faria nada

Como homem que sou, lasso,
Nada, nada faço.
Como homem que poder detém, refém

De evitar o que é escasso
E o que não é também
Nada, nada faço.

Inerte, et pour cause ilhado
Como homem que sou, ancho
Como a vida própria

Vou demonstrando que mancho
Efemeramente alguém
Algum lugar, porém

É tudo em mim exausto
Até a trindade que ignoro
Mas existe se nela acredito

Ah! se eu fosse fausto
Talvez eu te diria
Que não devia te dizer

Que eu escolhi não ser
Que toda decisão é um passo em falso
E esta me ignominia

Mas nada faço
Cirilo
Enviado por Cirilo em 22/09/2007
Reeditado em 07/01/2015
Código do texto: T663617
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cirilo
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
136 textos (7579 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:52)
Cirilo