Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Clicando no link abaixo escutará a música públicada juntamente com o texto. Vale a pena!  
http://www.carlarodrigues.prosaeverso.net



Escrever, escrever.
Ter o mundo nas pontas dos dedos
Descortinando, navegando
Fazendo desse instante minha poesia.

 

Ai de mim se minha mão não soubesse escrever

Se não soubesse desenhar chuva, rio, mar...

A vida seria um manancial de mistérios

Um estranhamento

O inexplicável

 

 

Às vezes desanimo

Tornando inúteis minhas palavras

De que servem esses poemas

Água de palavras

Frutos nascidos de loucas sementes

 

Às vezes me pergunto

                         De que servem esses poemas

                                   Se não tem brilho

Se são volúveis

Se são voláteis

Se me fogem das mãos?

 

Melhor seria arrancá-los de mim

Como erva daninha

Essa linha que me descostura

E que me faz prisioneira de miragens
Melhor seria derramá-los no mar...

 

ADRIANA CARLA
Enviado por ADRIANA CARLA em 22/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T663895

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ADRIANA CARLA
Igarapé-Miri - Pará - Brasil, 42 anos
239 textos (12303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 17:15)
ADRIANA CARLA