Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO PARA AUGUSTO DOS ANJOS




Vês! Augusto, não é morte!...Mas Vida
A podridão que assistes caminhar.
Deus assim quis(por certo) demonstrar
Todo esplendor e glória de Sua lida.

A biologia na matéria contida
Ministra lições de a Morte ignorar
_Só não se fartam os poetas de sonhar
C'oa eterna beleza de uma Aída!

O raciocínio,creia,não fenece
E se levanta muito além do sol.
Nossa vida é divino sopro,alento,

Se nem a Ciência humana estabelece
A essência das luzes do arrebol,
O Princípio,o Fim,este momento.


                                     5 de maio de 2005
TÂNIAMENESES
Enviado por TÂNIAMENESES em 23/09/2007
Reeditado em 23/09/2007
Código do texto: T664539
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TÂNIAMENESES
Aracaju - Sergipe - Brasil, 69 anos
1682 textos (175375 leituras)
1 áudios (102 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:22)
TÂNIAMENESES